08-11-16

Julgue pela aparência: livro inspirado em palestra TED mostra como usar o mistério a favor do Design

julgueisto-destaque

Um livro que mostra como a clareza e o mistério podem ser trunfos a favor do Design.

Quem é designer sabe que a forma como se executa um layout interfere diretamente na maneira como o público vai interpretar a mensagem. Diferente do que aprendemos no dia a dia, julgar pela aparência é o que fazemos sim, e com o que trabalhamos.

O designer gráfico nova-iorquino Chip Kidd cria capas de livros desde 1986 e conhece bem esta história de julgar um livro pela sua capa.

Chip Kidd

Chip Kidd

Kidd, além de designer e escritor, é também palestrante e, em 2015 participou do TED, com a palestra “A arte das primeiras impressões”, que você pode ver aqui:

Sua palestra virou um livro, com exemplos completos, texto fácil e divertido, diagramação fluída, muitas imagens ilustrativas e cores vibrantes (o que é uma marca registrada no visual do designer).

O livro “Julgue isto” analisa a importância da clareza e do mistério na comunicação visual e, através de exemplos do cotidiano, como embalagens descartadas, objetos de higiene e até pichações, Chip Kidd divide seu livro em duas partes:

1 – Aprendendo a julgar

Na primeira metade do livro, o autor nos incentiva a olhar o mundo com olhos mais curiosos, perguntando o porquê e o “como” de tudo que está ao nosso redor. Kidd comenta que viver em uma cidade grande como Nova Iorque é uma grande fonte de inspiração diante de um bloqueio criativo.

Neste capítulo, o designer nos leva a analisar o quão claro ou misterioso algo pode ser aos olhos do usuário final. Semáforos com contador de segundos, lâminas de barbear e até banners popup estão na lista.

Chip consegue exemplificar a interatividade negativa de um popup web na diagramação.

Chip consegue exemplificar a interatividade negativa de um popup web através da diagramação.

A medição entre clareza e mistério é feita através do divertido “misteriômetro”, uma escala de 1 a 10, em que o número 1 representa a clareza e o número 10, o mistério de uma peça visual.

misteriometro

2 – O trabalho do julgamento

Na segundo metade do livro, Chip aplica a sua capacidade de questionar o mundo ao seu trabalho de criação de capas. Mais que um portfolio de trabalhos, este capítulo revela que nenhuma criação é gratuita. Todo elemento visual inserido na capa tem um motivo e uma referência. Falando em referência, Kidd nos mostra que ter referências culturais, populares ou  históricas, é uma das características mais importantes em um designer.

Alguns exemplos deixam claro que nem sempre o título é o elemento mais importante de inspiração para a criação de uma capa, mas um perfil marcante do personagem principal ou algum ponto crucial da trama. Ou seja, designers de capas precisam ler as histórias antes de abrirem algum software.

“A clareza vai direto ao ponto. O mistério nos dá esperança.”

Por fim, Chipp deixa um último conselho:

“Deixe sempre uma primeira boa impressão”

E nos questiona sobre a importância de usarmos a clareza e o mistério nos momentos certos, para seduzir ou informar quem vai ler sua mensagem da melhor forma possível.

julgueisto

O livro, criado pela equipe TED e produzido pela editora Alaúde, pode ser comprado aqui, por R$ 42.

Assim como no livro, todas as fotos deste post foram tiradas com um celular.

Quer mais dicas de livros essenciais para designers? Veja estes posts aqui.